Polo de Fotografia

censura

Posted by polodefotografia em 20/06/2008

Em contraposição ao post um pouco aí abaixo – sobre o fotógrafo de casamento que se aproveitou do terremoto chinês para fazer boas imagens – outro fotógrafo está em maus lençóis com o governo de lá por conta de umtambém aproveitamento imagético da desgraça do país.

O governo chinês fechou uma revista que publicou um ensaio de fotos de modelos seminuas em meio aos destroços do terremoto que atingiu a província de Sichuan e deixou mais de 65 mil mortos.

Na edição de 19 de maio, a revista The New Travel Weekly publicou um editorial de moda exibindo modelos em lingerie com bandagens ensangüentadas posando no meio dos prédios demolidos pelo terremoto.A publicação circulava na cidade de Chongqing, vizinha da província de Sichuan, que foi a área mais afetada. As fotos chegaram às bancas na segunda-feira, 18 de maio, primeiro dos três dias de luto oficial anunciado pelo governo.

Antes de questionar a censura, acho que cabe a análise sobre o bom gosto e o mau gosto das fotos citadas – das modelos e do casamento. Ou será que não, que a questão da censura está acima de qualquer julgamento do bom senso. Sim, concordo com isso. Mas realmente há uma questão de senso – bom ou mal – nos dois fotógrafos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: